VERÃO CLÁSSICO - Academia Internacional de Música de Lisboa

Verão Clássico

O VERÃO CLÁSSICO - Academia Internacional de Música de Lisboa é uma iniciativa de formato inovador, com um eixo performativo e um eixo educativo, nomeadamente o Festival Verão Clássico, com concertos diários, e as Masterclasses de Instrumento e de Música de Câmara.

A quinta edição do VERÃO CLÁSSICO decorrerá entre 28 de julho e 6 de agosto de 2019 no Centro Cultural de Belém. Incluirá concertos diários e Masterclasses com a participação de músicos e professores oriundos de algumas das mais prestigiadas instituições internacionais de ensino e solistas das melhores orquestras mundiais.

As Masterclasses VERÃO CLÁSSICO são destinadas a estudantes e docentes de música, assim como a músicos profissionais. Na edição de 2018 participaram nas Masterclasses VERÃO CLÁSSICO 170 jovens músicos, 107 portugueses e 63 oriundos de 27 países: Alemanha, EUA, Japão, Espanha, Reino Unido, Israel, Nova Zelândia, Brasil, Finlândia, Holanda, Islândia, Bélgica, Letónia, Croácia, China, Cazaquistão, Sérvia, Cabo Verde, Áustria, Irlanda, Lituânia, Guiné-Bissau, Coreia do Sul, Rússia, Bulgária, França e Suíça.

Para a edição de 2019, estão já confirmados Professores de reputação mundial, oriundos de renomados Conservatórios e Universidades, como Berlim, Londres, Paris, Colónia, Salzburg, e de orquestras de excelência, nomeadamente solistas da Orquestra de Paris e da Orquestra Filarmónica de Berlim:

  • Filipe Pinto-Ribeiro (Portugal) : Piano
  • Diretor Artístico e Pedagógico

  • Eldar Nebolsin (Rússia) : Piano
  • Professor da Escola Superior de Música "Hans Eisler" de Berlim

  • Katya Apekisheva (Rússia) : Piano
  • Professora da Escola de Música e Drama Guildhall de Londres

  • Pascal Moraguès (França) : Clarinete
  • 1.º Clarinete Solo da Orquestra de Paris, Professor da Escola Superior de Música de Lausanne e do Conservatório Superior de Paris

  • Nicholas Daniel (Reino Unido) : Oboé
  • Professor da Escola Superior de Música de Trossingen e Escola de Música e Drama Guildhall de Londres

  • Anna Samuil (Rússia) : Canto
  • Solista da Ópera Estatal de Berlim e Professora da Escola Superior de Música "Hanns Eisler" de Berlim

  • Mihaela Martin (Roménia) : Violino
  • Professora da Escola Superior de Música de Colónia, da Academia Kronberg e da Academia Barenboim-Said de Berlim

  • Corey Cerovsek (Canadá) : Violino
  • Professor da Universidade da Colúmbia Britânica de Vancouver

  • Jack Liebeck (Reino Unido) : Violino
  • Professor da Real Academia de Música de Londres

  • Tatjana Masurenko (Alemanha/Rússia) : Viola
  • Professora da Escola Superior de Música “Felix Mendelssohn Bartholdy” de Leipzig

  • Veronika Hagen (Áustria) : Viola
  • Professora da Universidade Mozarteum de Salzburg e Violetista do Quarteto Hagen

  • Gary Hoffman (EUA) : Violoncelo
  • Professor da Capela Musical Rainha Elisabete da Bélgica

  • Adrian Brendel (Reino Unido) : Violoncelo
  • Professor da Escola de Música e Drama Guildhall e na Real Academia de Música de Londres

  • Kyril Zlotnikov (Israel) : Violoncelo
  • Solista e Violoncelista do Quarteto de Jerusalém

  • Janne Saksala (Finlândia) : Contrabaixo
  • 1.º Contrabaixo Solo da Orquestra Filarmónica de Berlim e Professor da Escola Superior de Música “Hanns Eisler” de Berlim


Os professores do VERÃO CLÁSSICO orientarão Masterclasses sobre técnica e interpretação musical, que decorrerão simultaneamente em várias salas do Centro Cultural de Belém. Para estudo e ensaio dos jovens músicos participantes serão ainda utilizadas salas da AMEC/Metropolitana de Lisboa.

Todos os participantes nas Masterclasses são candidatos aos Prémios VERÃO CLÁSSICO, cujo júri é formado pelos professores. Estes Prémios, na forma de concertos inseridos em temporadas musicais realizadas em Portugal, têm uma importante função de estímulo e reconhecimento do talento e do trabalho realizado pelos participantes durante o VERÃO CLÁSSICO. Alguns dos jovens músicos premiados nas edições anteriores tiveram já a oportunidade de se apresentarem a solo nesta temporada com as três orquestras regionais portuguesas – Orquestra do Norte, Orquestra Filarmonia das Beiras e Orquestra Clássica do Sul – e no Festival Internacional de Música de Marvão.

O VERÃO CLÁSSICO - Academia Internacional de Música de Lisboa fomenta assim a formação e a apresentação pública de jovens talentos, encorajando-os e apoiando-os na construção das suas carreiras, incentivando paralelamente o intercâmbio cultural entre os participantes de diversas nacionalidades. Aos estudantes portugueses oferece, no seu próprio país, uma plataforma para o desenvolvimento do seu nível artístico e a possibilidade excecional de aprendizagem com os mais prestigiados professores internacionais, referências mundiais dos seus instrumentos.

O eixo educativo do VERÃO CLÁSSICO é complementado pelo eixo performativo, constituído pelo Festival de Música de Câmara que, ao longo dos dez dias do Festival, apresentará diariamente concertos com grandes obras do repertório musical dos séculos XVIII ao XXI: quatro concertos MasterFest, com a presença dos músicos/professores, assim como seis concertos TalentFest, em que participarão os jovens músicos do VERÃO CLÁSSICO, já laureados nacional e/ou internacionalmente.

Em 2019, o VERÃO CLÁSSICO continua a promover a vertente de cruzamentos disciplinares entre a Música e a Ciência, com o intuito de estabelecer simbioses inovadoras e de estimular a capacidade de reflexão e de espírito crítico, tendo em vista um enriquecimento dos participantes e de um público cada vez mais vasto e heterogéneo. Neste âmbito, o distinguido físico experimental de partículas Brian Foster - Professor de Física Experimental na Universidade de Oxford, Professor da Universidade de Hamburgo, cientista no DESY e membro da Royal Society - apresentará a conferência “Einstein e a Música”.

Com o intuito de descentralização e extensão das mais valias do evento a outras regiões do país, o VERÃO CLÁSSICO regressará em 2019 a Bragança e apresentará, nos dias 14 e 15 de junho, um conjunto de iniciativas que incluirão um concerto no Teatro Municipal e aulas abertas de instrumento e música de câmara destinadas a alunos das escolas da região.

Em 2019, o VERÃO CLÁSSICO inclui, uma vez mais, sessões de Técnica Alexander, orientadas por Alexander Olschewski, de Berlim, potenciando assim a consciência e o equilíbrio do corpo.

O VERÃO CLÁSSICO assume-se assim como uma iniciativa artística e pedagógica única em Portugal, um projeto de excelência cultural aberto a todos os públicos.